Casamento ajuda na prevenção contra ataques cardíacos

04/02/2013


A saúde está ligada ao bem estar, e um casamento estável pode ajudar no combate a problemas do coração. Um estudo recente aponta que solteiros e divorciados têm mais chances de morrer de ataque cardíaco em qualquer idade, e os efeitos positivos do casamento para o coração atingem mais as mulheres. As informações são do Daily Mail.

 

Segundo os especialistas, os benefícios estão realmente no estilo de vida, com finanças melhores e hábitos mais saudáveis. Os solteiros também tendem a sofrer mais de depressão, o que diminui a reação do corpo contra um ataque cardíaco.

 

Publicado no European Journal of Preventive Cardiology, o estudo avaliou homens e mulheres acima dos 35 anos na Finlândia. Foram 15.330 eventos cardíacos registrados, com 7.703 óbitos. Os ataques atingiram igualmente homens e mulheres, mas até 66% a mais entre homens não casados, e até 65% mais em mulheres não casadas.

 

Após 28 dias, o número demortes entre os homens foi de 60 a 168% a mais entre os solteiros, mas para as mulheres o número chegou a ser 175% maior para as solteiras.

 

Entre os voluntários de 65 a 75 anos, o número de mortes foi quase o dobro entre os solteiros em relação aos casados, tanto para homens como para mulheres.

 

 

Fonte: Terra

 

 

 



Veja também