Diabetes: diagnóstico da doença pode prevenir infarto

05/06/2014


Pelo menos 10% das pessoas que sofrem um infarto possuíam diabetes não diagnosticada,

 

De acordo com uma nova pesquisa da University of Missouri, financiada pelo National Institutes of Health e pela empresa de biotecnologia Genentech Inc, pelo menos 10% das pessoas que sofrem um infarto possuíam diabetes não diagnosticada.

 

O diabetes é uma doença que deixa os níveis de açúcar no sangue muito elevados, aumentando significativamente o risco de ataque cardíaco. Dois em cada três pessoas com diabetes morrem de doenças cardiovasculares, de acordo com as estatísticas da American Heart Association.

 

O diagnóstico de diabetes em pacientes que tiveram um ataque do coração é importante por causa do papel que essa doença representa na saúde cardíaca, afirmam os cientistas. Ao reconhecer e tratar o diabetes precocemente, é possível prevenir complicações cardiovasculares por meio de dieta, perda de peso e outras mudanças de estilo de vida. Segundo os autores, outra razão importante para diagnosticar diabetes no momento do ataque cardíaco permitir à equipe direcionar o tratamento nesse sentido.

 

A hipertensão arterial e obesidade são consideradas duas das maiores vilãs da saúde do coração. Segundo dados do Ministério, cerca de 30 milhões de brasileiros têm hipertensão e há outros 12 milhões de brasileiros que ainda não sabem que possuem a doença no Brasil. Quando não controlada, a pressão arterial causa lesões na artéria aorta e provoca a sobrecarga do coração, que fica com o músculo mais rígido, aumenta de tamanho e fica inchado. Já o excesso de peso, principal causador da hipertensão, exige um esforço maior não só do coração, mas também de todo o sistema circulatório, sendo a principal causa do aumento da pressão e podendo levar ao desenvolvimento de insuficiência cardíaca, ou seja, da diminuição da capacidade do coração de cumprir a sua função de bombear efetivamente o sangue, que corre por todo o corpo, alimentando órgãos e tecidos vitais. Por isso, manter hábitos saudáveis é fundamental para blindar o coração.

 

 

 

Fonte: Minha Vida



Veja também