Estudo americano diz que seios assimétricos causam distúrbios mentais

26/11/2014


Pesquisadores do Boston’s Children’s Hospital, nos Estados Unidos, descobriram que adolescentes com seios diferentes ou muito grandes podem ter a saúde mental afetada de maneira significante.

 

Essas características podem gerar baixa autoestima e fragilidade emocional, além de distúrbios alimentares e dificuldades em interagir socialmente. O estudo ainda afirmou que o impacto negativo acontece da mesma forma em garotas com pouca ou muita assimetria, e também no caso de seios muito grandes.

 

De acordo com o doutor Brian Labow, que participou da pesquisa, intervenções cirúrgicas nas garotas ainda jovens podem minimizar os efeitos mentais negativos.

 

O estudo analisou 59 garotas, entre 12 e 21 anos, que vestem, no mínimo, sutiãs com um número de diferença em cada seio. Cerca de 40% das jovens ainda tinham deformidade causada por mau desenvolvimento na mama.

 

Fonte: Daily Mail / Minha Vida



Veja também