A importância de adotar cuidados com a voz e evitar a rouquidão

18/04/2016


Um dos problemas mais comuns relacionados à voz é a rouquidão, que pode ser causada por motivos como gripes e resfriados, mas também pode indicar doenças mais graves. Ou seja, é importante tratar a condição corretamente e investigar as suas causas o quanto antes, para que não haja complicações. Adotar alguns cuidados com a voz diariamente também ajuda a evitar qualquer tipo de alteração e ter mais saúde.

 

Também chamada de disfonia, a rouquidão é a alteração da voz mais comum, sendo causada, na maioria das vezes, por infecções respiratórias ou pelo uso vocal indevido, que provocam a inflamação das cordas vocais. Também pode se localizar em estrutura próxima, tendo origem no esôfago, como no caso do refluxo de ácidos do estômago.

 

Ainda pode indicar problemas mais sérios, principalmente se durar mais de 15 dias e vir acompanhada de outros sintomas, como afonia (ausência da voz), fadiga vocal, alterações na tonalidade e dor. Nesse quadro, é importante marcar uma consulta com um otorrinolaringologista.

 

Além disso, tosse com sangue e dificuldade para respirar ou engolir também são sinais de alerta, pois podem indicar tuberculose ou até mesmo câncer de laringe ou na garganta. Em casos mais simples, a recuperação da rouquidão exige apenas repouso vocal. Mas é indicado sempre ficar atento e procurar um profissional para que seja feito o tratamento adequado, de acordo com o agente causador.

 

De modo geral, alguns cuidados contribuem para a saúde vocal e ajudam a evitar problemas, principalmente a rouquidão. A principal dica é beber bastante água, de seis a oito copos por dia, para manter as cordas vocais sempre hidratadas. Durante a prática de exercícios físicos, beber uma quantidade ainda maior. Também é importante evitar o consumo em excesso de bebidas que podem provocar desidratação das cordas vocais, como álcool, café, chá preto e todas aquelas gaseificadas.

 

Parar de fumar também é fundamental para manter a voz saudável. O tabagismo pode provocar cancro do pulmão e da laringe – e não só nos fumantes, mas nos fumantes passivos também.

 

Outra ação prejudicial é usar a voz com muita intensidade, falando alto e em tons mais graves ou mais agudos que o natural. Por isso, é preciso evitar forçar a voz e falar muito alto. Se não houver saída, beber bastante água ajuda. O ar condicionado, além de comprometer as cordas vocais, também altera a respiração, o que pode prejudicar a voz e causar rouquidão. Isso acontece porque ele resseca o aparelho fonador e as cordas vocais precisam fazer um esforço muito maior para produzir a vibração que emite a voz.

 

Fonte: Minha vida / doutíssima

 



Veja também